Meu casório (quase) DIY! #chabar (2)

Meu chá bar paulista foi um presente dado pelos nossos padrinhos. S2 Pena que muitos não puderam estar presente. Três das minhas madrinhas ficaram a frente de toda a arrumação: Mirella (minha irmã), Maíra e Bianca (minhas amigas de muitos anos). 

 

A papelaria que usei foi a mesma para os dois e as lembracinhas também. Quem perdeu o primeiro post clique aqui. Neste segundo, vou focar mais na decoração e nas brincadeiras. Vamos lá! :)

 

 

Decor

 

A pedido das minhas madrinhas, peguei algumas fotos de inspiração no Google para que elas pudessem recriar o ambiente na festa. Abaixo, as fotos que selecionei (desculpem, mas não faço ideia dos créditos...).

 

A partir daí, Maira deu um pulo na rua Vinte e Cinco de Março, em São Paulo, e fez algumas comprinhas: porta-retrato com moldura romântica, raladores, "love" em letras cortadas na madeira, bexigas brancas e douradas, fitilhos e toalhas de mesa plásticas. 

 

Foto: Maira Valladares

 

Resultado final

Então, na manhã do chá, nos reunimos, compramos flores, bolo, pegamos uma lousa e uma maletinha que eu já tinha na casa da minha mãe e montamos o espaço. Eu amei de paixão! :D 

 

Enchemos as bexigas, amarramos um fitilho nelas e as colamos com fita crepe no teto (como diz uma das minhas madrinhas: gás hélio de pobre! Hahahahaha!).

Pintamos a letras de branco, compramos flores, fizemos a batedeira da minha mãe de vaso (Hahaha!) e voilá!

Por fim, imprimimos em tamanho grande uma foto para o porta-retrato, fiz biscoitos recheados e decorados (ficaram lindinhos!) e cada mesa ganhou toalhas plásticas douradas e um ralador com flores. 

Nem preciso falar que esquecemos de tirar foto de tudo para variar, né? Rsrsrsrs! Tinha também uma lousa e uma mala toda estilosa. De comidinhas, servimos salgadinhos, minha mãe fez o seu clássico rocambole de doce de leite e uma trança de frios e compramos um bolo de nozes e doce de leite. Ah, claro, refrigerante, água e cerveja. :) 

 

 

Brincadeiras

Minha irmã ficou responsável por preparar as brincadeiras. Na verdade, confesso que sou meio chata: odeio aqueles chás que pintam a noiva, jogam ovo, farinha... Então propus outro negócio: cada vez que errássemos algo, como prenda daríamos um gole em alguma bebida alcóolica. Ela mesma escolheu jurupinga (para quem não conhece, é uma cachaça mega doce). E olha... Eu e Bruno matamos a garrafa! Hahahaha! 

 

O primeiro jogo foi um Quizz. Ela fez algumas perguntas para o Bruno, depois fez outras para mim e, lá na hora, eu tinha de adivinhar as respostas do meu noivo e ele as minhas. Tipo "qual a característica sua que mais incomoda o Bruno?" ou "qual cor a Paula mais gosta?" ou "que roupa a Paula usava quando vocês se conheceram?"... Coisas assim. Foi bem divertido. 

 

Depois, rolou praticamente um jogo da memória. Cada pessoa presente escreveu num papel uma histórinha, uma frase, algo que lembrasse algo que viveram comigo ou com o Bruno ou com nós dois.  Então, minha irmã ia lendo os bilhetes lá na frente e a gente ia tentando adivinhar quem escreveu. Foi muito engraçado! Todo o mundo participou.   

 

Para fechar, rolou a clássica brincadeira de adivinharmos o que ganhamos. O pessoal se empenhou nos pacotes! Minha prima chegou a colocar um pedaço de ferro dentro da caixa onde estava o espremedor de alho só para ficar mais pesado! Hahaha!

 

Foto: Maira Valladares

 

Dica: na dúvida, chute Pirex! Hahahahaha!

 

--

 

 

É isso... 

Espero que tenham gostado. Em breve falarei sobre o meu convite! :)

Não se esqueçam de comentar esse post no Facebook

 

Para quem perdeu os posts anteriores é só clicar:

Chá bar 1

Convite dos padrinhos

 

Super beijo!

Até mais! ;)

 

 

  

Please reload

Quem faz o Sr.Feltrim
Paula Maria Prado
Jornalista por profissão, escritora por paixão e arteira nas horas vagas...
Posts Destacados

Broche 'Buquê de flores' #Molde

January 30, 2015

1/1
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Procure por Tags