É possível abrir uma loja virtual sem estoque? Confira a resposta!

Foto: reprodução da web 

 

Recebi essa semana no meu e-mail um material bem interessante e que responde uma das dúvidas de quem quer abrir um e-commerce: ter ou não um estoque? Bom, segundo especialistas, já adianto que a resposta é... Não é obrigatoriamente necessário que se tenha um estoque, seja lá qual for o seu produto.

 

Ao contrário da loja física, em que é preciso oferecer uma variedade de produtos para atender os clientes, no e-commerce é melhor investir em mais itens de um mesmo produto ou, até mesmo, em um único tipo de mercadoria. E, sim, é possível iniciar um negócio com pouco ou nenhum estoque. 

 

Como? Para responder essa pergunta contamos com a ajuda do especialista na área de comércio on-line, Bruno de Oliveira, criador do site E-commerce na Prática (espaço que ajuda outros empreendedores a alavancar o seu negócio). Vamos as dicas: 


1. Aposte em um nicho que tenha uma logística simples

A logística é um dos principais gargalos para o e-commerce no Brasil.  Nesses casos, o melhor é investir em nichos, onde a fabricação e a reposição dos produtos seja rápida. “Para alguns itens mais elaborados, os prazos de fabricação e entrega são maiores, o que pode atrasar os envios e prejudicar a operação como um todo”, comentou Oliveira.

2. Escolha bem seus fornecedores

Encontrar parceiros ideias é sempre importante. Mas, para aqueles que iniciam um negócio sem estoque é fundamental. "O primeiro passo é listar os distribuidores e atacadistas que trabalham com a linha de produtos que se pretende vender. É preciso pesquisar bastante e avaliar o modelo de trabalho de cada um”, ensinou Oliveira.

Para isso, segundo ele, o ideal é visitar cada uma das empresas pessoalmente. “Com essa visita, será possível verificar aspectos como a qualidade dos produtos, política de preços,
organização e cumprimento de prazos”.

 

3. Utilize o estoque do seu fornecedor

Para quem decide começar sem estoque, existem alternativas para “terceirizá-lo", como a chamada “just in time”,  lógica de vendas que permite trabalhar com o estoque do ornecedor.

“Dentro dessa lógica, tudo deve ser comprado somente quando for necessário. Quando uma venda for feita, o lojista virtual procura o seu fornecedor, faz a compra e envia o produto para o seu cliente. Dessa forma, ele consegue economizar um capital de giro que poderá ser investido em outros segmentos do negócio”, avaliou o especialista.
Por outro lado, segundo Oliveira, esse modelo pode gerar um custo adicional em relação ao deslocamento. “O lojista precisará ir muitas vezes até o fornecedor,  embora preserve o capital de giro e não precise comprar todo o estoque de uma vez. É preciso calcular bem o quanto irá economizar e o quanto irá gastar para fazer valer a pena”.

4. Negocie a prazo
Essa é uma outra estratégia interessante para um e-commerce sem estoque. "Nesse modelo, o lojista adquire uma quantidade de produtos e só paga o fornecedor depois de um certo tempo. Assim, ele 'trabalha' com o dinheiro do parceiro, e ganha tempo para vender os
itens que foram comprados e pagar pelos produtos só dali a 30 ou 40 dias”, diz.

 

EXTRA: Ok, é possível abrir sem estoque, mas é um bom negócio? 

 

Para o especialista essa é uma opção a curto ou médio prazo. "Se o empreendedor tem recursos limitados, montar uma loja virtual sem estoque pode ajudar bastante a dar aquele primeiro impulso. Porém, deve ser seguido por um período de tempo determinado, para
levantar recursos", disse. "De acordo com o volume de vendas, o ideal é, desde o princípio, já começar a utilizar parte dos lucros do negócio para montar um estoque próprio. Quanto maior a saída de determinado produto, mais ele poderá investir na montagem”, diz.

 

Obviamente ter um estoque fará com que as entregas sejam mais rápidas a custos menores, uma vez que você reduzirá o seu deslocamento. “O melhor a fazer é controlar com eficiência a saída e entrada de mercadorias e apostar nos mais vendidos para montar o estoque inicial", conclui.

 

---

 

É isso! Espero que tenham gostado! Não esqueça de comentar no Facebook.

Super beijo

Até mais.

;) 

 

Please reload

Quem faz o Sr.Feltrim
Paula Maria Prado
Jornalista por profissão, escritora por paixão e arteira nas horas vagas...
Posts Destacados

Broche 'Buquê de flores' #Molde

January 30, 2015

1/1
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Procure por Tags
Please reload