No dia do fotógrafo: Gioconda, a mascote da Copa do Brasil de Fotografia

Lindeza em forma de onça. <3 Estou absolutamente apaixonada pela Gioconda Alencar! Sim, esse é o nome (e o sobrenome!) que Jorge Vitório, de Belford Roxo (RJ), deu para a mascotinha do seu projeto: Copa do Brasil de Fotografia. 

 

Com foco na criançada, a ideia de Jorge era levar para aquelas que se destacarem um presente que envolvesse trabalho artesanal, tal como ele crê ser a fotografia. E foi por isso que ele me procurou há alguns meses para criarmos o mascote/troféu.

 

Entre as sugestões de bichos que os pequenos mais gostavam de fotografar: pássaros (Harpia e Ararajuba) e onça pintada, com cerca de 20 cm de altura e 15cm de largura. 

 

Ah, e um detalhe: além de fofo (a), o mascote tinha de trazer algo que remetesse a fotografia  e que pudesse mudar de cor a cada nova etapa da copa. "Liberdade de criação total", cravou ele! E então passei a estudar os bichinhos e inúmeros cliparts para fazermos um desenho que chegasse ao que ele precisava. 

 

Fiz vários esboços. Confesso que ainda não estou satisfeita com os pássaros, mas ele aprovou a onça. Então escolhemos começar por ela.

 

 

BASTIDORES

 

Nossa primeira inspiração veio de um desenho fofo que circula na web.  Dali nasceu aquela que - com algumas modificações - virou a cabeça da mascote. 

 

 

O mais difícil foi encontrar o formato das manchas e a quantidade correta para colocá-las. Afinal, elas não podiam ficar muito grandes, nem muito pequenas. Não podiam parecer folclóricas, mas tinham de ser fofas. Bom, acho que conseguimos acertar. :)

 

O corpo e as patinhas foram feitas por meio de tentativa e erro inspirado no modo como são feitos os super-herois babys que enfeitam as mesas de aniversário infantis.  

 

Já o rabinho representou outro desafio. Era importante que ele tivesse um equilíbrio de modo que deixasse o boneco sentado sozinho, sem a necessidade de estar escorada em algo. Por outro lado, também gostaria que ele aparecesse quando estivéssemos olhando a Gioconda de frente.

 

Então fiz vários formatos até que cheguei nesse - com a base mais arredondada -, que nos daria sustentação, e em cima um pouco mais fino, para manter a leveza no todo.  

 

E foi aí que Jorge avisou: "Mudamos de ideia! Vai ser uma mascote! A Gi!". E foi aí que eu, super empolgada, já comecei a delinear outras cores na personagem.  :D  

 

 

TOQUE FINAL

 

E então faltava a máquina fotográfica! Definimos que a mascote vestiria uma camisetinha, que poderia mudar de cor conforme as etapas da copa. E então pedi ajuda do próprio Jorge para que ele escolhesse qual seria a melhor representação da câmera fotográfica e enviei três opções de desenhos da web. 

 

 

 

Ele escolheu o do meio. Fizemos então testes de cores e chegamos nesse azul/preto/branco e amarelo. 

 

Voilá! 

 

 

FINALIZAÇÃO

 

Com a boneca já pronta, uma coisa ainda me incomodava: eu a estava achando pouco feminina. Então, além dos laços da cabeça, Gi ganhou um lenço rosa feito com uma simples fita de cetim. 

 

Essa mesma fita serviu no final das contas para esconder uma emenda entre a cabeça e o tronco que todos os bonecos têm. Algumas artesãs preferem não cobrir, eu gosto desse acabamento mais preciso. 

 

E não é que eu achei que a oncinha ficou ainda mais charmosa? <3 

 

 

 É isso...

 

A Gioconda nasceu. Ela foi feita com muito carinho e cheia de pequenos detalhes. Ela viajou para Belford Roxo no final do ano, pouco depois do Natal. E espero que ela inspire a criançada a tirar belas fotos e se envolver nessa profissão que é tão bonita! :D

 

Aos fotógrafos de plantão: feliz dia dos fotógrafos! :)

 

--

 

Gosta de posts assim? Comente no nosso Facebook. 

Super beijos!

Até mais!

;)

 

 

 

Please reload

Quem faz o Sr.Feltrim
Paula Maria Prado
Jornalista por profissão, escritora por paixão e arteira nas horas vagas...
Posts Destacados

Broche 'Buquê de flores' #Molde

January 30, 2015

1/1
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Procure por Tags
Please reload