Fadas do bordado: tecendo histórias

Foto: reprodução/Facebook

 

Imaginação e alegria. Essas são as armas usadas pelas fadas contra os males do mundo. Há quem não creia na existência delas, mas, sim, elas estão entre nós.

 

Longe do imaginário coletivo que retrata esses seres (místicos?) com asas de borboleta, flores no cabelo e jatos de glitter na ponta dos dedos, as fadas que estão entre nós costumam ser bem mais terrenas. A missão de colorir o mundo se mantém, mas nas bandas de cá elas usam linha e agulha... E se vestem como querem!

 

"Nosso intuito é levar conforto e alegria a crianças hospitalizadas e a idosos com Alzheimer que moram em asilos", afirmou a artista plástica Teresinha Bevilaqua, fada-mor, de São José, criadora do projeto "À flor da pele".

 

"Criei-o depois de visitar um hospital. Apesar de as crianças estarem sendo muito bem cuidadas, fiquei triste ao ver aquele olhar 'perdido' de quem não podia sair para brincar", contou ela. "Foi quando fiz a primeira boneca".

 

Hoje, um grupo de senhoras - as fadas bordadeiras, como são chamadas -, confeccionam as bonecas de algodão e, na hora da entrega delas, outro time de voluntárias contadoras de histórias orienta a criança ou o idoso a acompanhar o conto com os dedinhos sobre os bordados.

 

"Assim, eles são transportados para um mundo de fantasia", continuou Teresinha, que expandiu o projeto para os idosos."Eles praticamente viram crianças novamente, né?".

ponta dos dedos.

 

São, ao todo, sete histórias criadas por Teresinha e que falam de amizade e aceitação das diferenças, entre outros temas. Cada uma é bordada em um boneco.

E o projeto que começou por aqui já ganhou novos campos. "Estamos em sete Estados do país e em Portugal. Somos em mais de 200 fadas espalhadas pelo mundo", disse a artista.

 

SERVIÇO.

O projeto conta com doação de tecidos, linhas e enchimento (manta acrílica). "É um trabalho voluntário e está sempre aberto a quem se interessar pela causa", afirmou Teresinha. Basta entender que com carinho e pequenos pontos podemos mudar o mundo".

 

Interessados em fazer parte do time de fadas e doadores, podem entrar em contato via Facebook no endereço: www.facebook.com/aflordapelebordado.

 

---

 

(Essa é uma reportagem que escrevi originalmente para o jornal OVALE) :)

 

 

---

 

Gosta de posts assim? Não esqueça de comente no nosso Facebook.

Super beijo!

Até mais. ;)

 

Please reload

Quem faz o Sr.Feltrim
Paula Maria Prado
Jornalista por profissão, escritora por paixão e arteira nas horas vagas...
Posts Destacados

Broche 'Buquê de flores' #Molde

January 30, 2015

1/1
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Procure por Tags
Please reload