Artesã ensina como tingir tecido com corantes retirados das plantas

 

Preocupada com o meio ambiente, mas apaixonada pelo universo craft, Alicia Hall criou em 2016 um site chamado Botanical Threads, em que ensina como tingir tecidos com corantes naturais. Sua ideia: criar produtos livres de químicas e que sejam amigas da natureza. O resultado impressiona pela saturação das cores. 

 

Segundo ela, é possível extrair tinta diretamente das plantas usando água quente. "Corantes de plantas são criados por imersão de um material vegetal cru (como abacate, folhas de lavanda ou pele de romã) na água por vários dias. Uma vez que toda a cor tenha sido extraída, o tecido é aquecido no corante e pode ser deixado imerso entre 5 minutos e vários dias, dependendo da planta utilizada", explicou. 

 

"Os corantes vegetais naturais precisam de uma ajuda extra. Então usamos leite de soja como uma alternativa aos produtos químicos nocivos para ajudar as cores a grudarem", explicou em seu blog. "Depois, o tecido é deixado em repouso por um período de sete dias para permitir que a proteína da soja se una às fibras"

 

  Às vezes, ela usa alumínio, considerado o menos tóxico ao corpo humano. Mas, nesse caso, é preciso usar máscara porque podem fazer mal ao tintureiro. 

 

"Após a cor desejada ter sido alcançada, o tecido é seco e deixado por mais sete dias antes da lavagem em um detergente natural para remover qualquer corante em excesso. É nesse ponto que qualquer desenho será impresso manualmente no tecido", disse Alicia. "Depois de secar, o desenho é vaporizado e lavado. Agora o tecido está pronto para se transformar em algo bonito".

 

Passo a passo

 

Na "Botanical Threads", Alicia tem disponível gratuitamente um e-book para quem quiser aprender a tingir com abacate. E é possível comprar um outro livreto sobre tingimento com chás. 

 

Abacate

"Os abacates foram um dos meus primeiros experimentos de tintura botânica e é fácil entender por quê. Eles são fáceis de serem encontrados, quase sempre produzem resultados consistentes e não são afetados pelo pH da água. Os corantes de abacate também são leves e coloridos rapidamente, o que significa que você pode criar tecidos que ficarão lindos por muito tempo"

No link: clique aqui

(DICA: se você se inscrever na newsletter dela, recebe esse livrinho de graça no seu e-mail!)

 

Chás

"Logo no início, durante meus experimentos com tinturas de plantas, percebi que esse tipo de tingimento era algo que eu queria compartilhar com todos. Eu estava completamente cativado pelas cores secretas que as plantas mantinham e eu queria espalhar isso. Eu cheguei à conclusão de que nem todo mundo tem acesso a um jardim cheio de plantas de tintura e muitas pessoas se sentem desconfortáveis ​​em procurar alimentos em seu parque local, até por causa de olhares curiosos. O chá (e outras bebidas quentes) é a maneira mais fácil de experimentar corantes vegetais"

No link: clique aqui.

 

Antes de começar, a artesã sugere começar tingindo uma camiseta velha, depois que entender a técnica passar para linhos orgânicos.

 

E confira a "receita" das cores: 

Cinzas e verdes - urtigas e lavandas

Rosas - pedras de abacate

Laranjas - cascas de cebola

Pêssegos - eucalipto

Marrons e beges - chás

 --

 

É isso...

 

Gosta de posts assim? Não esqueça de comentar no nosso Facebook. 

Super beijo!

Até mais!

;)

 

 

Please reload

Quem faz o Sr.Feltrim
Paula Maria Prado
Jornalista por profissão, escritora por paixão e arteira nas horas vagas...
Posts Destacados

Broche 'Buquê de flores' #Molde

January 30, 2015

1/1
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Procure por Tags